Você precisa viver algo novo – por John Miller

05/11/2016

1bTer um ursinho de pelúcia para dormir com você é legal, mas só enquanto você é criança, pois, chega o tempo em que você precisa aprender a dormir sozinho. Vestir aquela camiseta velha e desbotada da sua banda favorita é legal, mas chega o momento em que você vai precisar vestir uma camisa social branca que a princípio você odeia e te aperta no pescoço, nem que seja apenas por um momento. Veja bem, não estou dizendo que você é obrigado a fazer coisas que não gosta, estou apenas dizendo que as vezes você precisa largar o velho para poder viver o novo. Este é o princípio para ter uma experiência com Deus: re-novar (Romanos 12:2).

Você nunca vai saber se gosta de comida japonesa, se você continuar comendo pastel da barraquinha da esquina, entende? E não quer dizer que o pastel da barraquinha da esquina seja ruim, é só que você come ele todo santo dia. Você nunca vai saber se o cara de óculos que senta sozinho na hora do almoço e parece gostar das mesmas coisas que você é legal, se continuar na sua rodinha de amigos. Acho que isso se aplica a tudo. Na sua vida profissional, emocional, nas suas amizades e principalmente no seu relacionamento com Deus. Você nunca vai conhecer mais de Deus e de seu Reino, se estiver preso e acomodado às coisas dessa vida.

Conversei com um rapaz, dia desses, que me dizia estar vivendo uma seca espiritual. Ele me contava que em meio ao louvor, não sentia nada e ficava tentando encontrar dentro de si o que havia sentido em outros momentos, o sentimento, as lágrimas. Ele não estava esperando algo novo, ele queria aquilo que já conhecia, ele queria o “bom”, sem entender que podia ter o “melhor”. E eu consigo entender o que ele sentia, é difícil desapegar do velho, é difícil abandonar o nosso lugar seguro, a nossa zona conhecida, é difícil largar aquilo que um dia já nos fez tão bem, dói, assusta, faz você se sentir meio perdido, meio fora do lugar.

Mas o resultado, o prazer de descobrir algo novo no mundo e dentro de si mesmo, é incrível, a sensação de encontrar um lugar que você nem sabia que existia e estava tão perto de você, de ver coisas que você nunca viu, sentir o que você nunca sentiu, é indescritível.

Quando Jesus falou que é impossível costurar um tecido novo numa colcha de retalhos velha, ou, guardar um vinho novo num frasco usado, Ele está mostrando a oposição entre a vida nova e a velha vida. Aquele que recebe o Espírito Santo tem sua vida completamente transformada; seu estilo de vida muda, não tem mais nenhuma relação com o estilo de vida passado! Para viver o novo é preciso largar o velho!

O Apóstolo Paulo também deixou isso muito claro em Efésios 4:

“A desculpa da ignorância não vale mais, tudo – e quero dizer tudo mesmo – que está ligado àquele velho estilo de vida tem de ser abandonado. É pura podridão. Doidera total. Saiam fora! Agora é hora de ter um estilo de vida totalmente novo, zerado – uma vida planejada por Deus, renovada a partir de dentro; uma vida que muda para melhor a conduta de vocês e que faz o caráter de Deus tornar-se realidade em nossa vida”.

Que você esteja aberto ao novo, ao desconhecido, que você se abra, se jogue, sem dúvidas, sem medo… E se tiver medo? Se joga assim mesmo! Vi em um filme uma frase que me marcou demais, ela dizia que “as vezes tudo que precisamos é de 20 segundos de uma coragem insana”. Não seja covarde, tenha coragem! Abandone a velha humanidade e descubra o que é viver uma vida nova, surpreendente e inexplicável!

John Miler é membro IBFO, escritor e designer.