Torres: SIMERS informa ao MP atrasos no Navegantes e aguarda resposta do hospital

Torres_Simers_MP-620x372O Sindicato Médico do RS (SIMERS) esclareceu ao Ministério Público Estadual em Torres, no Litoral Norte, a situação dos atrasos nos repasses para médicos que atuam no Hospital Navegantes. Em encontro com o 2º promotor de Justiça no município, Márcio Roberto Silva de Carvalho, o delegado regional do SIMERS, Fábio Vieira de Faria, informou sobre a notificação extrajudicial feita pelo Sindicato à direção do Navegantes e sobre as expectativas dos profissionais em relação à normalização dos compromissos.

“Os médicos estão sensíveis às demandas da população, mas também estão preocupados com a condição de manutenção, caso se agrave esse calendário de atrasos”,  ressalta o delegado. Segundo o Sindicato, o promotor comentou que está atento às dificuldades financeiras do hospital, gerido pelo Sistema Mãe de Deus, e adiantou que irá oficiar os órgãos envolvidos para obter explicações sobre a situação. Para o SIMERS, a audiência é importante para manter uma boa interlocução com o MP sobre eventual medida diante das qualquer ação daqui para frente.

Contraproposta sobre pagamentos

Os médicos decidiram apresentar uma contraproposta ao Mãe de Deus, que havia analisado a condição de prazos e regularização de atrasados e os novos pagamentos dos profissionais. A medida é uma resposta à proposta dos gestores, que contemplou a quitação de parte do saldo não pago de abril, que seria feita até esta terça-feira (30 de junho), a retomada do diálogo para avaliar a data do pagamento dos valores de maio (que seriam honrados até fim de dezembro) e o pagamento em dia a partir de agora, a ser feito em duas parcelas dentro do mês do vencimento.

Na contraproposta dos médicos, que já foi levada pelo SIMERS ao Sistema Mãe de Deus, exige-se o pagamento do valor integral de abril e a quitação de maio até o fim do prazo da notificação extrajudicial (que vence em 17 de julho). Os profissionais, por outro lado, aceitaram a oferta de receber em duas parcelas o fluxo mensal de pagamentos. A categoria aguarda pela posição do Mãe de Deus.

Simers