Se apresenta a polícia, segundo suspeito de envolvimento no caso de abuso da menina em Capão da Canoa

cvcvUm homem que teria visto Marco Aurélio Bitencourt, 41 anos, com a menina de seis anos no quarto, retirado ela de casa e largado próximo à residência da avó da criança, em Capão da Canoa, prestou depoimento no final desta quarta-feira e foi liberado, de acordo com informações divulgadas pela Rádio Gaúcha.

O suspeito é parente do acusado Marco Aurélio Bitencourt de Souza, de 41 anos. No depoimento disse ter ficado chocado com o que viu. Que não sabia o que fazer e decidiu largar a menina com medo de ser linchado.

Deverá responder por pelo menos omissão. Seu nome não foi divulgado.

Suspeito de abusar de menina é isolado de outros presos na penitenciária de Osório

Incêndio atinge casa de suspeito de sequestrar e agredir menina em Capão

Preso suspeito de sequestrar e agredir menina em Capão da Canoa