Porque é tão difícil mudar? – Por Renato Eduardo

13/10/2016

Outro dia, minha personal na academia mudou meu treino depois de uma avaliação. Quando cheguei para fazer os novos exercícios, fiz com aquela grande expectativa que se tem com o novo, novos pesos, novos aparelhos, a sensação de satisfação só aumentava, até  que as dores chegaram e aquilo que fazia antes co13318999_1003286806421389_747723222_n-200x300m facilidade, agora não era mais tão fácil, e as dores novas também chegaram, e foi aí que me ocorreram alguns insights sobre as dificuldades da mudança.

Você sabia que a maioria das pessoas não estão satisfeitas com o dinheiro que ganham, com a vida que levam e no entanto, não fazem nada para mudar esta situação?

É isso mesmo, mudança incomoda, traz novas dores, dá uma sensação de não saber das coisas, uma certa insegurança, mas no fim quando os resultados aparecem, ficamos todos satisfeitos e felizes.

Olho para algumas pessoas na academia e vejo que estão fazendo os exercícios errados, viciadamente acostumados com os mesmos tipos e pesos e continuam ali, por tempos, sem ao menos se darem a chance de fazer diferente, o que acarreta inevitavelmente, numa falta de bons resultados, e aqui estamos falando de músculos, mas quando olhamos para a vida das pessoas, esta prática se repete, pois vivemos um certo estado de sonambulismo social, onde as pessoas andam de um lado para o outro, sem se aperceberem que estão conduzindo suas vidas no piloto automático.

Quero te desafiar a:

1 – Procurar um personal, aquela pessoa que irá fazer uma correta avaliação de sua vida e propor um “treino” adequado para o seu crescimento;

2 – Em posse do treino, executá-lo da maneira correta, pois como já disse o Michael Jordan: “Não adianta só treinar, tem que treinar certo, caso contrário, você ficará muito bom em fazer do jeito errado”;

3 – Se submeter aos ajustes, quando o personal o corrigir e não ficar cheio de orgulho, achando que sabe tudo, pode ter certeza: você não sabe!

4 –Não se deixar vencer pela tentação de desistir, por conta das dores e incômodos causados pela mudança.

Tenha plena certeza que fazendo isto e aplicando às áreas de sua vida, o crescimento e sucesso, será uma consequência natural.

Se você não está satisfeito com a vida que leva, com o dinheiro que ganha, quero que saiba que você não está condenado por um “carma” a viver assim para sempre, você pode mudar, pode ousar, pode se desafiar, e experimentar novos níveis.

Mude enquanto é tempo, o você do futuro irá agradecer ao você do passado!

Nos vemos no topo,

R. E.