Operação Viagem Segura dará atenção especial ao trânsito neste feriado

01/11/2016
PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 20-04-2016: Trânsito na Avenida da Legalidade e da Democracia à noite. Foto: Leandro Osório/ Especial Palácio Piratini

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 20-04-2016: Trânsito na Avenida da Legalidade e da Democracia à noite. Foto: Leandro Osório/ Especial Palácio Piratini

Mesmo caindo no meio da semana, o feriado de Finados terá a atenção especial das autoridades de trânsito. A 65ª edição da Operação Viagem Segura ocorre durante toda a quarta-feira (2), de zero hora à meia-noite. Nesta terça (1º), dia em que entram em vigor das alterações do CTB que tornam mais rigorosas as penalidades para os comportamentos de risco, haverá a tradicional megablitz, em Porto Alegre.

No ano passado, foram quatro dias no feriadão de Finados, com registro de 16 vítimas fatais, considerando-se as que morreram até 30 dias depois do acidente (média de quatro vítimas fatais/dia). Em 2014, em três dias, morreram 24 pessoas (média de 8 vítimas fatais/dia). Comparando as médias diárias, houve uma redução de 50% nas mortes, de 2014 para 2015.

Analisando os dados estatísticos dos feriadões de 2 de novembro, no período de 2007 a 2015, o DetranRS constatou que o maior volume de mortes acontece nos dias intermediários, à noite. A maior parte dessas mortes ocorrem nas rodovias (41% em estaduais e 24% em federais), e 35% dentro dos municípios.  As BRs 116, 386 e 290 foram as vias que registraram maior número de vítimas fatais. Entre as RS – 135, 452 e 118 – foram as mais críticas.

Participam da Operação Viagem Segura o DetranRS, a Brigada Militar e seu Comando Rodoviário, a Polícia Rodoviária Federal, órgãos de trânsito municipais, ANTT, Cetran/RS, EGR, Famurs, Setcergs, Fecam e Metroplan, além de representantes da sociedade civil organizada. As 64 edições até agora contabilizam mais de 4,5 milhões de veículos fiscalizados e 134,2 mil testes de etilômetro aplicados. Foram registradas mais de 715 mil infrações, das quais 14,1 mil autuações por embriaguez. A fiscalização também recolheu 72,1 mil veículos e mais de 19 mil CNHs irregulares.

Megablitz

A ação, já tradicional em Porto Alegre, ocorre na véspera do feriado e soma à Operação Viagem Segura os esforços da Polícia Civil, EPTC e dos agentes da Balada Segura. Na última megablitz (de Nossa Senhora Aparecida), entre os 202 condutores abordados, 19 foram autuados por dirigir sob a influência de álcool ou outra substância psicoativa, ou por terem se recusado a fazer o teste do etilômetro (9,4%).