Novo escritório da Emater em Xangri-Lá deve apoiar pescadores da região

23/07/2016

Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

O secretário Tarcísio Minetto lembrou a importância do trabalho dos pescadores e agricultores, e disse que é uma obrigação do Estado “contribuir para quem mais precisa e realizar um trabalho integrado para o bem da comunidade. Temos que plantar a semente para um futuro melhor”.

Segundo o gerente regional Ademir João Santin, a Emater vai atuar na aplicação de políticas públicas para os trabalhadores envolvidos com a pesca e cooperativismo, no município. “Apesar do litoral não ter área agrícola, nós podemos desenvolver ações com os moradores de Xangri-Lá que são, geralmente, oriundos do meio rural e têm conhecimento para trabalhar com a agricultura”, ressaltou.

O escritório de Xangri-Lá faz parte de uma rede de 70 espaços de representação da regional de Porto Alegre da Emater/RS. Segundo a instituição, foram investidos cerca de R$ 50 mil em equipamentos para a operacionalização e o local foi cedido pela prefeitura. Além da assistência técnica, os pescadores também vão receber edução ambiental e alimentar em parceria com as secretarias do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Educação.

Letícia Bonato