Moradores de Caraá e Santo Antônio reclamam da precariedade da estrada entre os dois municípios

Foto: Sâmella Moreira

Foto: Sâmella Moreira

Natural de Caraá, o deputado estadual Sergio Peres (PRB) acolheu, nesta quarta-feira (29), reivindicação de comitiva de moradores do município e também de Santo Antônio da Patrulha. Eles reclamam da precariedade do acesso asfáltico entre os dois municípios, que compreende 8,5 km da RS-30 ao AM-10. De acordo com o documento entregue ao parlamentar, uma obra de recuperação foi iniciada em maio de 2010, paralisada em janeiro de 2011 e retomada em agosto do mesmo ano.

Os trabalhos foram novamente interrompidos em junho de 2012 e, desde então, foram realizadas obras de nivelamento, além de terraplanagem. “Estamos em estado de abandono, a comunidade convive com uma poeira tóxica resultante do material utilizado na obra. A rodovia tem tráfego intenso e não é só o desenvolvimento do município que está comprometido, mas também estão ocorrendo danos irreparáveis ao meio ambiente e à Saúde pública”, denuncia a moradora de Caraá, Ana Suzet Cadorin.

Distante 89 km de Porto Alegre, Caraá registra hoje 7 mil e quinhentos habitantes. No início deste mês, Sergio Peres chamou a atenção em audiência pública da Comissão de Assuntos Municipais sobre o notável número de obras interrompidas pelo governo anterior, a maioria sem justificativa à comunidade ou previsão de retomada.

Karine Bertani