Júlio Ramos não será candidato: “o sonho de ser prefeito de Osório ainda permanece vivo”

29/03/2016

261865_181331808591801_2100428_nJúlio Ramos anunciou nesta terça-feira que não irá lutar para ter a indicação do PMDB para concorrer a prefeitura de Osório, nas eleições de Outubro.

peemedebista disputou o último pleito em 2012, perdendo para o atual prefeito Eduardo Abrahão (PDT), por apenas 528 votos. Em nota Júlio afirmou estar abrindo mão da disputa, para não dividir o partido, já que não se chegou a um consenso do pré-candidato:

– O sonho de ser prefeito de Osório ainda permanece vivo dentro de mim, encerrou ele.

No próximo dia 02, a sigla se reunirá para definir quem será o seu pré-candidato a prefeito. O vereador Roger Caputi e o Diretor-Presidente da Fundação para o desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), Luciano Silveira, são os favoritos.

Júlio ainda poderá aparecer no cenário político, indo de vice de algum dos indicados, se o partido deixar de realizar uma coligação, o que não ocorreu nas últimas eleições.

Caso se mantenha o histórico de coligar com outro partido na majoritária, surgem fortes os nomes de Doca (ex-vereador) e Doutor Gonzalo (ex-secretário de saúde do município), ambos atualmente no PSD.

Redação Litoralmania