Irmãos são presos suspeitos de matarem mulher a facadas e ocultar cadáver na beira mar

08/11/2016

hd_2016110808520608-11_presos_imbeNa manhã dessa segunda-feira (07/11), policias da Delegacia de Polícia de Imbé prenderam, em Mariluz, dois suspeitos de terem matado a facadas Carla Hernandes Camacho,  de 36 anos, moradora de Tramandaí.

Segundo o delegado Antônio Carlos Ractz Jr., o cadáver foi encontrado na praia do Balneário de Imara, em Imbé, com cerca de vinte golpes de faca.

Por meio de depoimentos e imagens de câmeras de vigilância, apurou-se que, durante a madrugada, a vítima havia estado numa loja de conveniências no centro de Tramandaí na companhia de cinco pessoas: um homem, sua irmã, sua companheira e dois amigos, posteriormente identificados. Os policiais deslocaram-se até um bar na cidade de Mariluz, onde encontraram os quatro suspeitos. Efetuadas buscas, foram apreendidos um automóvel, uma espingarda calibre .16, seis cartuchos e duas facas.

Conduzidos até a Delegacia de Polícia de Imbé, os suspeitos foram interrogados. Após coleta das provas, apurou-se que o homem, de 33 anos, matou a vítima por motivo fútil, desferindo-lhe golpes de faca, após discussão banal. Ato contínuo, ocultou o cadáver na praia, utilizando o porta-malas do seu automóvel para transportá-lo do Balneário de Mariluz ao Balneário de Imara. Para tanto, contou com a participação de sua irmã, de 20 anos.

O homem possui antecedentes policiais, já tendo sido indiciado pela prática dos crimes de tentativa de homicídio simples, tentativa de homicídio duplamente qualificado, lesão corporal (violência doméstica), ameaça (duas vezes), porte ilegal de arma de fogo e posse de drogas (duas vezes), bem como da contravenção penal de perturbação da tranquilidade (quatro vezes) e perturbação do trabalho e sossego alheios. Ambos serão encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.