Inscrições para o PFET estão abertas em Torres

09/12/2016

pfetA Prefeitura de Torres abriu as inscrições para seleção de pessoas para o Programa Frentes Emergenciais de Trabalho: Cidadania e Qualificação. O prazo para inscrições vai até o dia 20 de dezembro. O objetivo do programa é prestar assistência à população em situação de risco social e será executado no período de 1º de janeiro a 31 de maio de 2017. O município concederá nesta ação, noventa (90) bolsas de incentivo à qualificação profissional do Programa, constituídas de uma bolsa auxílio mensal no valor equivalente a um salário mínimo nacional.

O cadastramento dos interessados é realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, no período de 01 a 20 de dezembro de 2016,no horário das 8h às 11h30mine das 13h às 17h30minde segunda a sexta-feira, no CRAS-Centro de Referência de Assistência Social, situado na Av. Joaquim Porto, nº 801, atrás do Mercado Bom Rancho. Os suplentes formarão um cadastro de reserva, sendo ainda possível, inscrever-se durante todo o período de execução do Programa.

A seleção para a escolha das pessoas aptas a participar do Programa Frentes de Trabalho: Cidadania e Qualificação deverá obedecer cumulativamente aos critérios a seguir descritos: I – estar desempregado; II – residir no município de Torres, no mínimo há dois anos; III – encontrar-se em situação de risco social; IV – possuir renda familiar de até um salário mínimo; V – possuir um ou mais dependentes; VI – não receber pensão, aposentadoria ou qualquer benefício previdenciário.

Como critério de desempate, será dada preferência às seguintes pessoas:

I – com maior número de dependentes; II – com mais idade; III – que se encontre em situação de maior risco social; IV – aos analfabetos.

Realizada a primeira seleção, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos fará a divulgação dos candidatos selecionados mediante publicação dos nomes no mural da Prefeitura Municipal de Torres, no CRAS e na Gestão da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.

Serão fornecidos aos bolsistas cursos e palestras profissionalizantes com participação obrigatória dos beneficiados, sobre higiene e saúde, controle de natalidade, com periodicidade mensal e duração de quatro horas.