Ex-alunos homenageiam sensei mais graduado do RS com treino surpresa em Torres

01/02/2016
Foto: Arquivo pessoal Marcelo Martins

Foto: Arquivo pessoal Marcelo Martins

Em meio a um fim de semana complicado em razão do forte temporal que caiu sobre Porto Alegre na noite de sexta-feira, uma notícia boa. Um grupo de ex-alunos do professor Oswaldo Monteiro realizou uma homenagem ao antigo sensei, que hoje sofre de carcinoma. O ato ocorreu em Torres, onde o professor mora atualmente, e reuniu cerca de 40 alunos.

“Como discípulo do sensei Oswaldo resolvi resgatar os alunos que ele firmou nos anos 80 no Grêmio e fazer uma homenagem ainda em vida”, conta o faixa preta 3º dan, Marcelo Martins, que organizou o evento. Ele revela que acertou com um amigo o empréstimo da academia Lotus Clube e levou o professor para lá: “Nesse momento o professor Oswaldo foi surpreendido e presenteado com uma placa de agradecimento”.

Para Marcelo, a homenagem se tratou de um “momento histórico para o judô gaúcho, uma homenagem ainda em vida” ao professor, que é o mais graduado do Rio Grande do Sul: nono dan. “Fez muitos de nós chorar. Somos muito agradecidos, não apenas pela formação no judô, mas pela formação social”, ressalta.

Depois da entrega da placa, Marcelo ministrou um treino sob a supervisão do sensei Oswaldo, que permaneceu no local, observando os ex-alunos. Em seguida, todos foram para um almoço de confraternização em Passo de Torres, na divisa entre Rio Grade do Sul e Santa Catarina. Também posaram para fotos, todos juntos, tanto no tatame quanto fora dele e com a bandeira do Grêmio.

Além de Marcelo, participaram da aula e homenagem: José Alexandre Brito, Roger Gloeden, José Anélio, Jeferson Neil, Tio Ari, Jorge Sá, Torben Borges, Clodoaldo Rodrigues, Willy Schneider, Marcelo Mansilha, Álvaro Couto e Rafael Brito.

Tiago Medina