Corpo encontrado a beira mar é de agricultor desaparecido

30/06/2016

13474038_1011763912240345_339699684_nO corpo localizado com pernas e mãos amarradas, na tarde dessa quarta-feira (29), a beira mar entre os municípios de Tramandaí e Cidreira, era do agricultor de Maquiné, João José Kovalski, de 50 anos.

A família de Kovalski ao ver a matéria no Litoralmania se dirigiu até o Departamento Médico Legal (DML) de Osório e reconheceu a vítima. A informação foi repassada por um familiar ao Portal.

Kovalski tinha costume de em todos todos os domingos, após o almoço, único dia de folga, pegar seu carro e sair pela região para dar uma volta.

No dia 05 deste mês, às 12h30min, saiu de casa para realizar seus passeios e não voltou mais. A única certeza da família é de que ele passou às 13h05min pelo túnel da BR-101 em direção a Osório, pois as filmagens da rodovia mostraram ele em seu carro. Sua carteira  foi encontrada às margens da rodovia dias depois com todos cartões de crédito. Não continha dinheiro, nem sua identidade.

Outra pista foi que às 17h38min do mesmo dia 05, seu veículo Voyage, placas IRZ 6551, foi multado no pardal da RS-030, sentido Tramandaí-Osório, por excesso de velocidade.

A família acredita que neste momento Kovalski não era mais o condutor do veículo, pois ele costumava andar sempre muito tranquilo no trânsito. O carro ainda não  foi localizado.

O corpo foi encontrado, mas as circunstâncias da morte seguem um mistério.