BM notifica prefeitura por crime ambiental em Capão da Canoa. Executivo se defende

30/12/2016
Foto: Capão Denúncias / Grasi Rolim

Foto: Capão Denúncias / Grasi Rolim

A Brigada Militar notificou a prefeitura municipal por crime ambiental, na tarde desta sexta-feira (30), em Capão da Canoa.

Um funcionário do executivo foi flagrado realizando o asfaltamento de uma espécie de “passarela”, na beira mar. Ele teria realizado o serviço, após o pedido de uma cadeirante.

Em nota, a prefeitura se defendeu e disse estar abrindo uma sindicância contra o funcionário. Veja abaixo.

Nota de Esclarecimento

Conforme informações da Secretaria de Obras e Saneamento a rampa em asfalto feita à beira mar no bairro Guarani para acesso de cadeirantes não foi proveniente de ordem da Administração Municipal, e sim um equívoco de algum funcionário.

Segundo relatos, uma moça cadeirante que estava no local, juntamente com seus familiares pediu a um funcionário da prefeitura que trabalhava no espaço, fazer um acesso até a praia para cadeirantes. Ele equivocadamente atendeu ao pedido e foi além.

A Prefeitura Municipal já está retirando o material e tomando as devidas providências, abrindo uma sindicância para apurar o caso e punir os responsáveis.