Apreendidas mais de duas toneladas de produtos impróprios e tradicional tenda é interditada no Litoral

cvcAs ações do Programa Segurança Alimentar Verão 2016 tiveram prosseguimento nesta quinta-feira, 25, com a interdição da Tenda do Pelé, em Torres. No local, os agentes da Vigilância Sanitária inutilizaram cerca de duas toneladas de alimentos impróprios para o consumo. Produtos mal acondicionados e sem procedência foram encontrados no estabelecimento. Já a Tenda do Gaúcho, na mesma cidade, também foi interditada, pois o proprietário do local dificultou o acesso dos fiscais da Vigilância Sanitária para a inspeção.

Ainda nesta quinta-feira, a equipe do Programa Segurança Alimentar apreendeu no município de Dom Pedro de Alcântara cerca de 150 kg de carne em um açougue. Os produtos estavam sendo comercializados com o selo de inspeção municipal de outra cidade (Terra de Areia), o que não é permitido pelas regras da Vigilância Sanitária.

No final da tarde, o atacado Paladar Comércio, em Capão da Canoa, foi vistoriado e cerca de 700 kg de alimentos impróprios foram recolhidos. A maioria queijo com selo municipal de outra cidade, além de produtos vencidos e mal acondicionados.

Participam da ação o Coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Segurança Alimentar – Alcindo Luz Bastos da Silva Filho; agentes do Gaeco – Segurança Alimentar e da Secretaria da Agricultura do RS.