Após Osório, hospitais de Capão e Torres anunciam suspensão de atendimentos

tyhtyhjuygfA saúde do Litoral Norte pede socorro. Após, o hospital de Osório anunciar que deverá suspender os serviços do bloco cirúrgico e do centro obstétrico, por falta de recursos financeiros, os hospitais de Capão da Canoa e Torres, anunciaram que irão cancelar atendimentos pelos mesmos motivos.

Ficou definido que os setores de Emergência dos hospitais Santa Luzia (HSL), de Capão da Canoa, e o Nossa Senhora dos Navegantes (HNSN), de Torres, atenderão apenas aos pacientes que apresentarem casos de real emergência, que correspondem às cores vermelha e laranja do protocolo de classificação de risco.

Essa decisão passa a vigorar no HSL a partir de 15 de junho, e no HNSN, a partir de 25 de junho.

Entenda as mudanças:

– Os setores de Emergência do HSL e do HNSN passarão a atender somente pacientes trazidos pelos serviços de emergência (SAMU, Bombeiros e Brigada Militar) ou que sejam encaminhados por serviços públicos (UPAS, Pronto-Atendimentos e Postos de Saúde) após triagem realizada nestes locais e com classificação compatível com real emergência.

– Não haverá mais o atendimento para pacientes classificados nas cores amarela, verde e azul. Os pacientes que atualmente procuram os hospitais para esse tipo de assistência devem se dirigir às suas unidades de saúde municipais, estas, sim, responsáveis pela organização do fluxo de atendimento médico.

Novas medidas para viabilizar a continuidade de outros serviços estão sendo estudadas pela Associação Educadora São Carlos (AESC), mantenedora dos dois hospitais (Capão da Canoa e Torres), e serão pactuadas com o Estado e os Municípios, sendo comunicadas ao público tão logo estejam definidas.

No caso de Osório, uma reunião com o governo do estado, na próxima terça-feira (16), tentará encontrar uma saída para o problema. Até lá, os serviços seguem mantidos.

Redação Litoralmania